23 de outubro de 2019
  • Gastronomia.com España
  • Gastronomia.com México
  • Gastronomia.com Perú
  • Gastronomia.com Colombia
  • Gastronomia.com Paraguay
  • Gastronomia.com Argentina
  • Gastronomia.com Ecuador
  • Gastronomia.com USA
Siga-nos no  

30 de janeiro de 2019
Avaliação  51 (1)
Dia Internacional do Croissant
FacebookTwitterGoogle PlusLinkedin
O croissant, perfeito para acompanhar com geleias, chocolates e cremes, é também o companheiro ideal de queijos e produtos defumados; excelente para o café da manhã e o mais tentador para o lanche, é por isso que esta peça única de pastelaria tem seu próprio dia no calendário: 30 de janeiro. Revimos seus segredos com o padeiro Moncho López.
 
O croissant é uma peça de pastelaria sem muita pretensão, sem recheios, sem ingredientes exóticos, sem formas complexas, mas pode ser precisamente nessa aparente simplicidade onde está a chave do seu sucesso: "Por um lado é um bolo muito simple mas ao mesmo tempo muito complicado. Parece uma receita muito fácil de fazer, mas na realidade não é fácil conseguir uma massa folhada com o ponto certo de crocante em todas as camadas "- diz Moncho López, alma mater das padarias Levadura Madre (Massa-mãe).
 
O croissant é feito com muita manteiga, mas graças às suas camadas "não se torna pesado para digerir, é leve e por isso é adequado para consumir em qualquer idade e quase a qualquer momento", diz Moncho López. Não é enjoativo e combina bem com café e sumos de fruta: "Tem o equilíbrio perfeito entre doce e salgado" - diz-nos ele. Nós podemos consumi-lo com doces como geleias ou chocolates ou com salgados, como fiambres ou queijos.





Há também a experiência sensorial que envolve perceber "o crocante de cada uma de suas camadas". Eu diria que não comer um croissant com mordidas é um crime ". Graças a tudo isto é a peça de pastelaria mais procurada, sem dúvida, "sem croissants, o brunch, o café da manhã e até os lanches, não seria o mesmo". Pode ser tomado a qualquer hora do dia, pois combina com tudo.

Valora esta noticia 

 

Top videos

EVENTOS
10 de outubro de 2017
(43)
Del 15 al 17 de septiembre se celebró en La Rural, Buenos Aires, FIBEGA, la Feria Iberoamericana de Gastronomía, que reunió a los destinos gastronómicos mundiales más relevantes, el II Congreso Iberoamericano de Gastronomía y el Encuentro Iberoamericano de Chefs. Países como Perú, México, Argentina, Uruguay, Brasil, Guatemala o País Vasco mostraron su riqueza y diversidad gastronómica; y representantes de diferentes sectores relacionados con la cocina como los chefs Germán Martitegui, Andoni Luis Aduriz o José del Castillo, ofrecieron showcookings y presentaciones. Un túnel del vino, en el que se ofrecieron catas y degustaciones de los vinos y bebidas más representativas y sorprendentes, y diferentes espacios de degustación y mercado. 3 jornadas de celebración de la cultura gastronómica de Iberoamérica que reunieron a más de 22.000 visitantes.